Nessa seção você poderá ler sobre cada um dos serviços que a ESTRUTURAR pode oferecer à sua empresa:

 

1 - CABEAMENTO ESTRUTURADO:

Cabeamento estruturado é uma maneira padronizada de cabear um tipo de rede (independentemente de seu tipo: telefonia, internet,etc) minimizando custos e maximizando possíveis expansibilidade futuras. Todo as sinalizações de dados, voz (telefonia), multimía (som ambiente ou vídeo) podem ser transmitidas através do mesmo cabo de mesma infraestrutura (tomadas, conectores, painéis).

Uma empresa bem sucedida requer um bom trabalho de equipe e flexibilidade. As organizações enfrentam mudanças constantes, que exigem a movimentação ou reorganização das pessoas, seus espaços de trabalho e os serviços que elas executam. O sistema de cabeamento estruturado é planejado para acomodar as freqüentes mudanças, acréscimos e alterações. Um sistema de cabeamento estruturado é a base de uma rede de informações moderna. 

Em uma possível reestruturação de rede de um escritório um sistema de cabeamento estruturado pode evitar que sua empresa perca tempo de trabalho. Nenhum outro componente de sua rede possui um ciclo de vida mais longo ou requer uma consideração tão atenta. Um planejamento criterioso irá prevenir um congestionamento que poderia diminuir drasticamente a performance de sua rede. 

O cenário de negócios atual exige uma avançada tecnologia de informação para poder manter uma vantagem competitiva. A capacidade de permitir que a informação seja compartilhada ou transmitida através de uma rede, transformou o computador num objeto tão importante quanto o telefone. É necessário reconhecer a importância desse fato sobre os negócios e o quanto pode ser agilizado através da utilização dessa tecnologia. 

À medida em que a tecnologia continua a evoluir, uma rede corporativa deve suportar aplicações de voz, dados, vídeo e multimídia. O rápido crescimento na capacidade de processamento, o aumento do porte das redes e a introdução de métodos de acesso de maior velocidade, criaram uma necessidade incontestável de sistemas de cabeamento confiáveis e gerenciáveis (estruturados). 

A implementação do "cabeamento estruturado" deve ser feita com materiais de primeira linha, serviços de infraestrutura física e profissional adequada, além de um projeto que assegure à empresa e aos seus usuários os requisitos necessários exigidos para uma performance segura, ágil e confiável na transmissão de dados, voz e imagem, proporcionando igualmente uma flexibilidade na topologia física para fazer frente às mudanças internas de pessoal, layout e de evoluções tecnológicas futuras que certamente virão. Nós da ESTRUTURAR temos profissionais especializados em cabeamento estruturado, e com o nosso estudo chegaremos a solução necessária para a sua empresa.

 

2 - CFTV:

 

Circuito Fechado de TV é um conjunto de equipamentos que tem como função monitorar ambientes internos e externos.

Nos dias de hoje quando falamos em tecnologia, naturalmente surge o termo digital, seja em TV, informática, veículos, medicina, etc, praticamente todas as áreas são afetadas de alguma forma pela revolução digital, a qual obviamente oferece muitas vantagens e atrativos se comparada com sistemas tradicionalmente analógicos.

Na área de segurança eletrônica não é diferente, temos sistemas de CFTV, alarmes e controle de acesso cada vez mais poderosos, Mas um fator muito importante a verificarmos é qual a vantagem dos sistemas digitais, qual parte do processo é realmente digital e na prática o que isso implica na operação e resposta do sistema. 


VANTAGENS DO CFTV DIGITAL:


Os sistemas de CFTV digitais são simplesmente mais rápidos, flexíveis, expansíveis e fáceis de administrar que qualquer sistema analógico. Podendo ser integrado com instalações existentes de Circuito Fechado de Televisão ainda oferecendo acesso imediato as imagens ao vivo ou mesmo as gravadas, o armazenamento é muito mais simples, oferendo um tempo de autonomia muito maior, a qualidade da imagem digital é incomparavelmente superior além de não sofrer degradações com armazenamento. Os sistemas digitais podem alcançar um objetivo primordial: diminuir os custos de operação resultando em um melhor custo e beneficio. Os benefícios de sistemas digitais são bviamente gritantes quando comparamos com as características equivalentes de sistemas analógicos. Cada vez mais os beneficios do CFTV Digital substituem a tecnologia anteriormente dominante, por todas as suas vantagens, masprincipalmente pela possibilidade de conexão em rede, permitindo o acesso local ou remoto, redução de infra-estrutura de instalação, melhores recursos de informática, que permitem um acesso a qualquer momento e gerenciamento de permissões de acessos, gerenciamento de histórico de eventos, entre outras.

 

3 - CONTRATOS PARA MANUTENÇÃO DE HARDWARE E REDE DE COMPUTADORES

 

Quando implantamos uma rede de computadores, não basta pensar que apenas sua instalação e configuração são suficientes. Alguns fatores como mudanças tecnológicas e normativas poderiam levar uma rede totalmente eficaz ao insuportável em poucos meses. Um exemplo disso são as próprias páginas da WEB, que aumentaram 10 vezes seu tamanho em menos de 3 anos. Outro fator importante é a normalização de uma rede, que deve ser feita por profissionais esclarecidos para o melhor desempenho e estabilidade possível, com normas pré-estipuladas pela ITIL (Information Technology Infrastructure Library) e a própria ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). É um erro pensar que qualquer um pode fazer um trabalho de qualidade e em pouco tempo na área de tecnologia. Mudanças requerem planejamento e acompanhamento, cada cliente tem uma necessidade específica, cada empresa requer um plano de ação e definições de prioridades diferentes. Temos contratos de acordo com o perfil de cada empresa.

A empresa que firma um contrato de manutenção tem diversas vantagens, dentre elas:

·                 Prioridade de atendimento.

·                 Redução de custos.

·                 A empresa pode contar sempre com um técnico que conhece cada detalhe da sua rede, empresa e do seu dia a dia, 

                   sem vínculos trabalhistas.

·                 Quando um funcionário tem dificuldades de utilização dos computadores ou alguma dúvida relacionada ele pode entrar em    

                   contato com o técnico através do help-desk sem aumentar os custos para a empresa e diminuindo o tempo improdutivo.

·                 Acesso remoto: O técnico de confiança pode também prestar suporte através do acesso remoto, que diminui drásticamente o

                   tempo que uma máquina fica parada e por consequência improdutiva.

·                 Plantão para resolver emergências.

·                 Sua rede de computadores deixa de ser uma preocupação sua e passa a ser nossa

·                 Realizamos Visitas para manutenção preventiva, buscando reduzir os problemas gerados por falta de preventiva.

·                 O valor do contrato é calculado baseando-se no número de servidores, computadores e visitas a serem realizadas.

*OBS.: Nossa estrutura atende empresas em Belo Horizonte e em todo o Brasil.

Ter uma empresa cuidando de seus equipamentos é a melhor forma de evitar que seu micro pare de funcionar justamente no momento em que sua empresa esta faturando; já imaginou seu servidor não ligar e todos seus dados apagados?

 

4 - PABX:

 

O conceito de PABX surgiu na década de 90, quando a indústria de telecomunicações começou a propor às operadoras de telefonia a substituição das centrais de telefônicas eletro-mecânica pelas então "estado-da-arte", centrais digitais. Estas últimas possuíam facilidades para seus usuários que agregavam mais valor que as antigas.

 PABX significa Private AutomaticBranch Exchange (Troca automática de ramais privados). É uma rede de telefonia privada usada por uma empresa ou até mesmo em residências. Podem consistir de uma plataforma de hardware ou somente software, este último pode ser instalado no computador para a interação com a telefonia via internet.

 No uso doméstico, normalmente o telefone está conectado diretamente à operado local de telefonia, podendo realizar chamadas discando o número de destino desejado. Em um ambiente corporativo normalmente existem muito mais ramais do que linhas telefônicas, principalmente devido ao custo, havendo a necessidade de um ponto central para gerencias e distribuir as chamadas, o que é feito pelo PABX. O equipamento torna-se também um elemento de controle dos usuários de ramais, podendo gerencias permissões de uso individuais ou por grupo.

O PABX permite que, ao fazer uma chamada, seja selecionada uma das limitadas linhas, e discar para um número externo. O usuário também pode chamar outro telefone conectado ao PABX. As chamadas recebidas são centralizadas para um ponto único (o operador), e ele(a) pode transferir o chamador para a extensão correta.

 Basicamente pode-se afirmar que PABX é uma central telefônica na qual chegam às linhas telefônicas tanto analógicas como digitais e dali saem os ramais para os usuários. Nestas centrais também podem ser conectados o interfone, porteiro eletrônico para tocar direto no telefone entre muitas outras funções.

 

5 - FIREWALL

 

Firewall pode ser definidido como uma barreira de proteção, que controla o tráfego de dados entre seu computador e a Internet (ou entre a rede onde seu computador está instalado e a Internet). Seu objetivo é permitir somente a transmissão e a recepção de dados autorizados. Existem firewalls baseados na combinação de hardware e software e firewalls baseados somente em software. Este último é o tipo recomendado ao uso doméstico e também é o mais comum.

Explicando de maneira mais precisa, o firewall é um mecanismo que atua como "defesa" de um computador ou de uma rede, controlando o acesso ao sistema por meio de regras e a filtragem de dados. A vantagem do uso de firewalls em redes, é que somente um computador pode atuar como firewall, não sendo necessário instalá-lo em cada máquina conectada.

 

Como o firewall funciona: Há mais de uma forma de funcionamento de um firewall, que varia de acordo com o sistema, aplicação ou do desenvolvedor do programa. No entanto, existem dois tipos básicos de conceitos de firewalls: o que é baseado em filtragem de pacotes e o que é baseado em controle de aplicações. Ambos não devem ser comparados para se saber qual o melhor, uma vez que cada um trabalha para um determinado fim, fazendo que a comparação não seja aplicável. Conheça cada tipo a seguir.

 

6 - ACTIVE DIRECTORY

 

O Active Directory (AD) é um serviço de diretório nas redes Windows 2000 Eem diante.

Serviço de diretório é um conjunto de Atributos sobre recursos e serviços existentes na rede, isso significa que é uma maneira de organizar e simplificar o acesso aos recursos de sua rede centralizando-os; Bem como, reforçar a segurança e dar proteção aos objetos da database contra intrusos, ou controlar acessos dos usuários internos da rede.

O Active Directory mantém dados como contas de usuários, impressoras,grupos,computadores, servidores,recursos de rede, etc. Ele pode ser totalmente escalonável, aumentando conforme a nossa necessidade.

Esse serviço de diretório, é composto por objetos, ou seja, todo recurso da nossa rede é representado como um objeto no AD. Esses objetos possuem propriedades o que são chamados de atributos dos objetos. A base de dados do AD é um arquivo chamado NTDS.dit, onde todos os recursos são armazenados no mesmo.

 

DNS: A sigla DNS, do inglês Domain Name System, é uma espécie de sistema para a tradução de endereços de IP para nomes de domínios. Assim, é possível atribuir nomes a um IP numérico, pois o DNS será responsável por efetuar a interpretação das palavras que foram utilizadas e transformá-las em números, de forma que o computador as compreenda e devolva o caminho correto por meio do acesso bem sucedido.

Ou seja, é um recurso usado em redes TCP/IP que permite acessar computadores sem que o usuário saiba o endereço de IP ou sem que este precise ser informado para que o procedimento seja efetuado.

Se isto não fosse feito, seria necessário que digitássemos a seqüência de IP cada vez que quiséssemos acessar páginas da internet por exemplo, pois os computadores fazem uso dos endereços IP para executar tal tarefa.


DHCP:  O DHCP, Dynamic Host ConfigurationProtocol, é um protocolo de serviço TCP/IP que oferece configuração dinâmica de terminais, com concessão de endereços IP de host e outros parâmetros de configuração para clientes de rede.

Resumidamente, o DHCP opera da seguinte forma:

* Um cliente envia um pacote UDP em broadcast (destinado a todas as máquinas) com um pedido DHCP

* Os servidores DHCP que capturarem este pacote irão responder (se o cliente se enquadrar numa série de critérios — ver abaixo) com um pacote com configurações onde constará, pelo menos, um endereço IP, uma máscara de rede e outros dados opcionais, como o gateway, servidores de DNS, etc.
O DHCP usa um modelo cliente-servidor, no qual o servidor DHCP mantém o gerenciamento centralizado dos endereços IP usados na rede.

 

7 – SISTEMAS OPERACIONAIS WINDOWS E LINUX

 

Fornecemos cópias de softwares originais Microsoft.

Instalamos e configuramos o seu pacote de aplicativos para servidores e desktops, com segurança e agilidade.

Nossa equipe é feita por profissionais treinados e formados para garantir a excelência dos nosso serviços, além da cordialidade e agilidade na execução dos mesmos.

 

8 – CERTIFICAÇÃO DO CABEAMENTO ESTRUTURADO

 

A certificação do cabeamento é a garantia de que tudo está funcionando de acordo com as normas técnicas definidas pelos padrões nacionais e internacionais de instalação.

Para isso são utilizados certificadores de precisão que medem todas as características físicas e elétricas do cabo. Parâmetos como comprimento, resistência, largura de banda suportada e imunidade à interferências externas, são avaliados e registrados em um relatório de certificação por cabo da rede.

Segundo a ANSI/EIA/TIA, é um teste obrigatório. Consiste em utilizar um aparelho, chamado de cable scanner, para se testar todos os pontos instalados da rede. Para começar o teste é importante programar o scanner para o tipo de cabeamento que vai ser testado Categoria 6Categoria 5, e assim por diante.

scanner deve estar programado para realiza testes requeridos por normas daANSI/EIA/TIA ou ISO/IEC que possui valores padrões. A medida que o teste começa, os dados referente a cada ponto de rede testado é acumulado dentro do scanner. A impressão deste relatório mostra uma análise detalhada e exibe o status, que pode ser POSITIVO ou NEGATIVO. O objetivo da certificação e ter 100% de pontos com o status POSITIVO.

Todos os cabos devem ser testados, sejam eles coaxiais ou fibra ópticas. No caso de fribra ópticas, seguindo as normas, testes de atenuação óptica, deve ser feito com um conjunto Power Meter & Fonte de Luz e também testes com OTDR, documenta fielmente a instalação. Exija da empresa que executou o projeto de cabeamento estruturado uma cópia, impressa ou em mídia, de todos os testes realizados após a finalização da obra.

 

9 – FUSÕES DE FIBRA ÓPTICA

 

É uma tecnologia em que a luz é utilizada para transporte de informação digital através de uma mídia feita de pequenos fios de vidro, onde cada qual determina um caminho para os raios de luz que transportam o sinal.   A fibra é um elemento simples de transmissão óptica, caracterizado por um núcleo, por onde a luz é transmitida, uma casca por onde a luz é confinada no interior do núcleo e o revestimento primário.   A obtenção deste confinamento é feita através da diferença de índices de refração entre a casca e o núcleo.    O núcleo é composto de um material dielétrico, podendo ser plástico ou vidro, com diâmetro comparável a um fio de cabelo e tem como forma de um filamento cilíndrico e é revestida por um material com baixo índice de refração.

APLICAÇÕES: Cabos submarinos de transmissão a longas distâncias Controle de aviões

InstrumentaçãoConexão entre computadores e periféricosComunicação por cabo para redes ferroviárias e elétricasComunicação em televisão a cabo.

 

REDES DE TRANSMISSÃO

Circuitos de telefonia interurbanos. Quase todas as cidades, no Brasil, já estão interligadas pelas fibras ópticas.

Conexões de redes locais (LANs e WANs).
Redes de comunicação em ferrovias e metrôs.
Redes para controle de distribuição de energia elétrica
Redes de transmissão de dados.
Redes de distribuição de sinais de radiodifusão e televisão.
Redes de estúdios, cabos de câmeras de televisão.
Redes industriais, em monitoração e controle de processos.
Transmissão de sinais de processamento de dados de computador para computador, e de computador para terminais.
Interligação de circuitos dentro de equipamentos.
Aplicações de controle em geral (fábricas, maquinários).
Em veículos motorizados, aeronaves, trens e navios.

 

10 – IMPLANTAÇÃO DE VPN

 

A idéia de utilizar uma rede pública como a Internet em vez de linhas privativas para implementar redes corporativas é denominada deVirtual Private Network (VPN) ou Rede Privada Virtual. As VPNs são túneis de criptografia entre pontos autorizados, criados através da Internet ou outras redes públicas e/ou privadas para transferência de informações, de modo seguro, entre redes corporativas ou usuários remotos.

A segurança é a primeira e mais importante função da VPN. Uma vez que dados privados serão transmitidos pela Internet, que é um meio de transmissão inseguro, eles devem ser protegidos de forma a não permitir que sejam modificados ou interceptados.

Outro serviço oferecido pelas VPNs é a conexão entre corporações (Extranets) através da Internet, além de possibilitar conexões dial-upcriptografadas que podem ser muito úteis para usuários móveis ou remotos, bem como filiais distantes de uma empresa.

Uma das grandes vantagens decorrentes do uso das VPNs é a redução de custos com comunicações corporativas, pois elimina a necessidade de links dedicados de longa distância que podem ser substituídos pela Internet. As LANs podem, através de links dedicados ou discados, conectar-se a algum provedor de acesso local e interligar-se a outras LANs, possibilitando o fluxo de dados através da Internet. Esta solução pode ser bastante interessante sob o ponto de vista econômico, sobretudo nos casos em que enlaces internacionais ou nacionais de longa distância estão envolvidos. Outro fator que simplifica a operacionalização da WAN é que a conexão LAN-Internet-LAN fica parcialmente a cargo dos provedores de acesso.

 

11 – COMERCIALIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE TI

 

Fornecemos, instalamos e configuramos, equipamentos de informática como: Servidores, desktops, Switchs e roteadores.  Enfim, toda linha de ativos de rede.

Toda tecnologia Top de linha ao seu alcance com condições e preços combinados com a comodidade de parcelamentos e garantia do equipamento.

Estamosà sua disposição para elaborarmos orçamentos sem compromisso, a fim de melhor atende-lo.   Elaboramos orçamento do seu projeto de cabeamento estruturado de rede de computadores e elétrico, com todo o material a ser usado sem nenhum ônus para a sua empresa.